Páginas

Revista Sort! Especial Lotofácil

Pesquisar este blog

Siga-nos e nunca mais perca uma postagem!

sábado, 26 de julho de 2014

Justiça enaltece a burrice coletiva e fica por isso mesmo

Alguém ser devidamente educado já é um desafio...fica ainda mais dificil quando esta pessoa se depara com um  dos sistemas mais idiotizados na face desse planeta: "o judiciário brasileiro".

É inaccreditável assistir uma farsa desse tipo em pleno século 21

A gente pensa que impedir a educação superior era coisa medieval... até desembarcarmos no tribunal de alguns tipos como citado no texto abaixo. Sabem, o que nos chama a atenção é a tradicional arrogância desses tipos ..sempre se sentem acima de qualquer julgamento porque querem impor a sua vontade ...que beleza quando a sociedade os depõe para dar estes as merecidas chicotadas na bunda que merecem...pena que esses momentos sejam tão raros n história.








Claro que  eu não posso citar nomes porque senão a gente compra encrenca. Pra bom entendedor todavia, fica facil tirar o véu das palavras e descobrir o nome das antas, barnabés e outras aberrações públicas de casos como esses...posso sugerir colocar isso a público na sua conta torrent pirate bay..e no emule.."antas do brasil", , "bostas públicas" e coisas assim sempre podem ficar expostas, é só voce saber onde acessar e impedir as censuras que o governo vai querer fazer.

Sabemos que muitos meios de informação estão sendo tolhidos...é claro que os bandidos não querem ser desmascarados.

Agora pese essa questão:

Onde ja se viu um cidadão questionar um ato judicial...não! isso jamais a gente pode fazer..eles sao intocáveis, mesmo sendo pestilências vivas, sao intocaveis e nao precisam fazer exames de proeficiência anual. Você eu se não produzimos, perdemos a vaga...mas as escórias públicas...ah...isso jamais. Esta tudo costurado pra ficar bom...pra eles.

Gente...juiz podrão tem que poder ser demitido por meio de plebiscito público. Então, quem faz mal pra educação, tem de ser expulso. Na verdade...teria de ser...

Esses sujeitos custam bem caro pra fazer o que fazem e senão fazem certo, é nosso capital e nossos  direitos que vão embora. 

A gente apoia a qualidade do ensino. A gente apoia o direito de cada um educar seus filhos ACIMA do que esse pais determina, país que graças a um analfabeto que soube manipular (mesmo sendo maneta), passa alunos sem qualificaçao para "gerar indices de aumento na qualidade de ensino público".

Acorde.

Pinte o sete e algo mais para fazer as coisas mudarem ou...estaremos apoiando mais e mais dessas canalhices.

Desculpe...senhores membros govermentais dessa putrefata laia de parasitas: vocês precisam urgentemente ser julgados e "demitidos por justa causa". 

Justiça real começa em apoiar quem pode fazer mais com menos....

A escória desse país nasce exatamente do tipo de pessoa que recebe essas fortunas que nós pagamos como contribuintes e ai..querem "nivelar tudo por baixo". 

Precisamos exigir o fim disso...criar barreiras para derrubar esse tipo de hipocrisia onde o totalitarismo seja colocado contra a oportunidade da individuação!

Provem-se os fatos, consolidem-se as qualidades e puna-se com opróbio público aos canalhas que impedem o desabrochar da genialidade. Só podemos crer que o burro maior teme criar um corredor de oportunidades para mais pessoas tentarem ser aptas a educar seus filhos acima da mediocridade.

O que realmente importa meus amigos...é ter um "papel" ou SABER?

Para imbecís sistematizados, como poderemos confirmar nesse singular artigo...a burrrocracia é mais forte do que a racionalidade.

Vamos continuar fabricando mais e mais burros...até quando?


Ok..sem mais delongas, vamos ao artigo cedido pelo amigo Ruy Lopes (faz tempo isso..mas a gente quer manter essa memória bem viva):




Gritante descalabro: 



O Veredicto foi dado a despeito dos filhos terem passado em provas de nível superior,



de admissão para faculdade de direito — com as idades de 13 e 14



Matthew Cullinan Hoffman, correspondente na América Latina



MINAS GERAIS, Brasil, 26 de março de 2010 (Notícias

Pró-Família) — Apesar do fato de que

seus filhos passaram difíceis provas impostas pelo governo, e até se mostraram

qualificados para a faculdade de direito com as idades de 13 e 14, Cleber Nunes

e sua esposa Bernadeth, que educam os filhos em casa, levaram uma bofetada de

multas equivalentes a um total de 3.200 por recusarem submeter seus filhos ao

sistema escolar brasileiro. 



Contudo, Nunes disse paraLifeSiteNews.com (LSN) que ele não tem intenção de pagar a multa, embora diga

que poderia ter de passar de 15

 a 30 dias na cadeia se não pagar.



Embora a educação escolar emcasa seja comum em muitos países, inclusive nos Estados Unidos, e esteja associada a níveis mais elevados de realização acadêmica, é completamente proibida no Brasil, onde o governo se tornou cada vez mais intrusivo em recentes décadas

depois do estabelecimento de um regime socialista na década de 1990.

Desde que Nunes começou a educar em casa seus dois filhos mais velhos há quatro anos, sua família vem sendo submetida a freqüentes ameaças de multas, prisão e perda de custódia. No entanto, ele vem resistindo com firmeza e seu caso ganhou atenção nacional. 



O veredicto de culpado no caso criminal contra Nunes, que vem depois de dois veredictos negativos num caso civil paralelo que terminou há um ano, foi dado apesar do fato de que David e Jonatas Nunes haviam passado uma difícil bateria de provas impostas pelo tribunal criminal.



“Eles haviam pedido que os meninos fizessem as provas para avaliar o nível de conhecimento deles, e também testes psicológicos para avaliar a saúde mental deles”, Nunes disse para

LifeSiteNews (LSN). “Parece que o único resultado válido que eles esperavam era o fracasso dos meninos”.



As provas impostas pelo tribunal nos filhos de Nunes foram tão difíceis que uma das professoras que as haviam elaborado confessou que ela mesma não conseguiria passá-las.

 Contudo, David e Jonatas Nunes

passaram nos exames por diferenças de cinco e oito pontos percentuais.



Apesar do desempenho de seus filhos, porém, o governo de novo deu decisão contra Nunes, desta vez em tribunal criminal, e ordenou uma multa. A quantia total em multas que Nunes está devendo como conseqüência das decisões contra ele se acumularam em mais de $3,200 em dólares americanos.



“Se eles impõem provas significa que se deve considerar duas possibilidades. Eles poderiam estar sofrendo de abandono intelectual ou não”, Nunes disse para LSN. “Em outras palavras, eles estavam tentando provar que [meus filhos] eram vítimas. Mas eles foram aprovados. Mesmo assim, o governo continuou dizendo que somos criminosos”.



Nunes diz que apesar de seu sucesso, o juiz decidiu contra ele por causa de seu estilo de educação escolar em casa, no qual os filhos dirigem seu próprio aprendizado, enquanto Nunes supervisiona o processo.



“O juiz disse que deixamos nossos filhos aprendendo sozinhos”, disse Nunes. “Ele reconheceu que eles passaram no exame de admissão da universidade e nas provas, mas ele disse que foi por causa dos próprios esforços deles”, acrescentou ele, chamando isso uma “piada”.



“Eles querem assumir o controle deles, de suas mentes”.



Nunes diz que decidiu não recorrer da decisão, pois o Supremo Tribunal Federal já recusou ouvir o apelo de seu caso civil. Embora ele tenha pago a multa de sua esposa para poupá-la da prisão, ele diz que não pagará sua própria multa.



“A coisa natural é recorrer,mas não confio nos juízes do Brasil”, Nunes disse para LSN.

“Eles já mostraram quem são e o que querem. Eles não estão interessados em proteger nossas crianças… Eles querem assumir o controle delas, de suas mentes, eles as querem fora de casa”.



Embora tenha recusado acatar as decisões contra si, Nunes atualmente não enfrenta mais dificuldades legais devido à educação escolar de David e Jonatas, pois eles estão agora além da idade de escolarização compulsória.



Contudo, sua filha logopoderá ser submetida à escolarização compulsória no Brasil. Ela logo fará quatro anos, idade em que a escolarização compulsória começa no Brasil.



Informações de contato:



Cleber Nunes pode ser contatado em: cleber@andradenunes.org





E você? Vai deixar esta passar em branco?



A justiça brasileira é tudo, menos "sábia" e "justa". É uma aberração de dogmas impraticáveis...municiada por pessoas que se limitam a ler papéis...sem senso da realidade do país e do mundo...



Naquele mesmo tempo, relembre, o escândalo do monstro assassino de crianças de Luiziania foi tido como "decisão judicial correta"... soltaram o monstro porque deixar um psicopata nas ruas é certo... prender um casal que educa bem os seus filhos...e os mantém em segurança...isto é errado. e voce e eu pagamos para essa laia de "juizes" fazerem leis que nos devoram...precisamos revisar quem deve mapear o destino desse país.



Vamos fazer um plebiscito deste assunto...vamos mudar o Brasil... precisamos destituir este sistema judiciário injusto... ele não está a serviço das garantias fundamentais... bandidos tem mais direitos do que gente de bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Aproveite para nos seguir no twitter clubloterias ! Comente a vontade e ajude a expandir as luzes do saber.

Canal Clube

Loading...