Páginas

Revista Sort! Especial Lotofácil

Pesquisar este blog

Siga-nos e nunca mais perca uma postagem!

sábado, 13 de junho de 2015

Lei da Atração e o Poder da Mente

Poder da Mente...você pode realizar tudo o que deseja Ser!
Os maiores sábios de todos os tempos e de todos os lugares utilizaram-se de um único poder para a materialização de seus feitos: o Poder Mental do Universo. Ele está presente em todas as coisas. O Todo que abrange tudo em seu interior é esta Essência Cósmica Criativa que atua em universos paralelos e interconectados..



As forças elementais, presentes na natureza dos eventos, regem ciclos de nascimentos e mortes, um eterno ir e vir dos confins do Universo. Dentro de cada um de nós, esta Essência Divina da Criatividade está em nossa consciência. Em outras palavras, somos participantes interativos do grande espetáculo.

Podemos usar e ao mesmo tempo criar o nosso próprio destino.

Desafortunadamente, por desconhecermos as verdadeiras leis da Criação Mental, estamos imersos em muitas materializações indesejáveis.. É preciso então compreendermos o modo de ação deste processo criativo.


Em verdade, o Poder Criador é inerente a todo ser humano. Ele é simples, muito fácil de ser realizado. O que é necessário para eu, você ou qualquer outra pessoa usufruir positivamente deste gigantesco poder, consiste apenas em aprender e praticar técnicas corretas para focalizar um objetivo específico.. O princípio fundamental para criar um foco eficaz e poderoso deste Poder Infinito é obtido através do conhecimento e da prática das técnicas corretas do poder da sua mente. Ao dominar algumas técnicas básicas, utilizando a imaginação disciplinada, estaremos todos aptos a gerenciar e conduzir o processo criativo para a realização de nossos objetivos e desejos pessoais..
Vamos ver como isto funciona::
Em essência, a mente é uma só. Mas somos dotados do poder do diálogo. Através do diálogo, surgem dois lados: o consciente e o sub consciente.. O consciente é a parte mais visível, ele é movido pela racionalidade, pelo aspecto "lógico" da mente. Esta parte é seletiva, analítica, objetiva, e essencialmente dedutiva. Ela é formada pelas informações ambientais captadas pelos nossos sentidos nervosos. Admitimos cinco sentidos para este aspecto... porém, já na antiga China, uma descrição pormenorizada de nossas "sensibilidades" nos dota de mais de uma centena (!!!!!!!!!!!!!) de "sentidos"!.A lógica científica, quando inserida na lógica da mente, se torrna algo pequeno. Em outra via, o subconsciente se constitui da porção subjetiva de nossa mente. Ele é essencialmente impessoal, não seletivo. Sua função habitual é a de cumprir as ordens estabelecidas pela mente consciente. Tudo o que a mente consciente aceitar como" verdadeiro", a mente subconsciente produzirá uma espécie de "validação interior" e admitirá como "realidade", "evento" e "circunstância". Observe que o resultado se assemelha a um entrelaçar de espelhos que se refletem. Aquilo que projetamos, na frequencia externa dos nossos pensamentos, "ressoa" e "contagia" o aspecto interior da mente.

Do resultado destas "ressonâncias", adquirimos um determinado grau de "consciência".
Quando emitimos um pensamento potencializado na força de uma grande emoção, nós produzimos uma energia que é imediatamente impulsionada no processo criativo. Este ato resulta em uma teia de acontecimentos que irão culminar na materialização deste dito " pensamento". Nossos sentimentos são o campo magnético capaz de atrair e repelir energias. Quando um pensamento predomina ele cria uma vibração, como um sino que apos as badaladas, continua a ressoar. Portanto, o pensamento pode ser chamado de "estopim" do processo criativo colocado em manifestação no Universo. Dependendo da frequencia da onda, das emoções colocadas e do tempo de "ressonância" os resultados acontecerão rápido ou devagar.

Os nossos pensamentos são magnéticos e oscilam em diferentes freqüências. Eles são guiados pelo pulso interno do cérebro e disto, se dividem em inumeráveis formas. Assim, sempre que você pensa, estará emitindo um pulso para o Universo inteiro. O Universo como um todo passa a se harmonizar para acolher aquilo que você está pensando. Neste processo, criam-se sub níveis, ou aspectos multidimensionais.. A maior parte dos pensamentos são rapidamente dissipados. Eles não contém energia suficiente em sua formação. Este fato acontece com a maioria dos nossos pensamentos cotidianos. Entretanto, quando nos concentramos em algo através da emissão de pensamentos repetitivos, focados neste algo, nós formamos uma concentração de energia. Ao dotarmos esta energia imaginativa de uma perseverança disciplinada e da vontade, ocorre um fenômeno divinal. Nós passamos a dominar parte do processo criativo e nos dotamos da capacidade de co-criar, da mesma forma como Deus o faz. Isso acontece pelo fato dos nossos pensamentos serem potencializados através da concentração da energia emotiva.





Ao dotar o pensamento de amparos emocionais nós alimentamos a semente, fornecemos energia e a dotamos de um solo acolhedor. Estas formas são capazes de fazê-la germinar, crescer, florescer e frutificar no devido tempo. A partir deste ponto de vista, observe, podemos dizer que o fato da atração não é devido apenas ao que pensamos, mas, sobretudo, aos sentimentos que amparam este pensamento. Nosso verdadeiro sentimento sempre é lido e interpretado na base do processo. Há um meio de transmissão complexo, que baliza, que acomoda a energia deste pensamento.

Como a energia "enviada" ao centro do Universo "retorna":

É chamada de Sabedoria Universal ao ponto de retorno, onde as emissões "batem" em algo e retornam, organizadas para materializar o pedido. Na harmonia das esferas, se pensamos nos pensamentos e sentimentos como "música", veremos que cada notinha emitida irá compor um acorde... e cada acorde terá "harmônicos", notas que "não foram tocadas", mas que ressonam junto com a nota fundamental. A ressonância, ou seja o quanto de vibração colocada nas notas originais, é responsável pela quantidade de força que retornará a nossas vidas.

O Universo inteiro toca uma sinfonia... pelas estrelas, pelos planetas, pelos astros errantes, pela brisa do vento, pelas ondas do mar, pela comunicação dos seres vivos e das formas visíveis e invisíveis e infinitas que o compõe. Cada vez que uma onda é acessada, ela tem uma determinada intensidade e uma duração. Na música, fica fácil descobrir porque um meditador consegue resultados mais rápidos. O meditador usa ondas mentais "lentas"
Uma onda lenta é como uma corda muito grossa... ela desprende harmônicos infinitamente maiores do que ondas "rápidas". Mas as rápidas "definem o foco".

Unindo tudo, temos um conjunto ideal.

Mas observe: as "ondas rápidas" deste "foco", precisam estar contidas nos harmônicos gerados pela "onda lenta". Quando isto ocorre, a onda lenta se expande e promove a "materialização.

Tudo o que emitimos em ondas "lentas" é multiplicado, pois estas ondas mentais contém um número absurdamente maior de "harmônicos". Nem tudo o que emitimos com ondas rápidas se materializa, porque, se não existe um "suporte", elas rapidamente se dissipam no Universo. É exatamente igual ao que acontece na música. Esta é a explicação cientifica para o que se denomina "Lei da Atração". 


autoria: Luiz Felipe Klein

Um comentário:

Obrigado por comentar. Aproveite para nos seguir no twitter clubloterias ! Comente a vontade e ajude a expandir as luzes do saber.

Canal Clube

Loading...