Páginas

Revista Sort! Especial Lotofácil

Pesquisar este blog

Siga-nos e nunca mais perca uma postagem!

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Como ser feliz sozinho


Certa vez Tom Jobim disse em sua canção: "É impossível ser feliz sozinho". Mas sua visão era poética, e como em toda poesia, o romantismo e o sofrimento se fazem presentes para expressar um estado melancólico do ser. Afinal, qual é a boa poesia que trata da felicidade sem dramas?







Como ser feliz sozinho quando tudo o que se quer é ser amado? O princípio textual da questão já traz a própria resposta em si. Ao perguntarmos dessa maneira, estamos justamente impondo uma condição para a felicidade, tornando-a uma moeda de troca. Assim, a felicidade só pode vir quando agimos de determinada maneira. Essa é uma característica mental de enxergar o que é ser feliz, e sua relação está presente na satisfação, não na felicidade.




como é a maneira pela qual podemos alcançar a felicidade, de modo que ela seria algo externo, uma meta, um lugar a ser alcançado. Quando dizemos que tudo o queremos é sermos amados, estamos nos tornando apenas mendigos, implorando por amor, implorando por algo que não temos. Se tivéssemos amor, não precisaríamos querer ser amados. Se amássemos a nós mesmos, não precisaríamos ser amados. E justamente por não amarmos a nós mesmos, é que somos incapazes de amar a outrem.

Então a questão de carência de amor tem uma extensão caótica, pois que o amor que necessitados é o amor que não podemos dar. Eis então o porquê de nos sentirmos tão desolados e sozinhos. Não podemos suprir outras pessoas se não suprimos a nós mesmos.

Mas a solidão mencionada só pode ser sentida quando não existe esse amor próprio. Estar sozinho não constitui solidão e tristeza, apenas o sentimento de carência pode constituí-la. Podemos estar entre dezenas de pessoas e mesmo assim nos sentirmos sozinhos.

Como podemos ser felizes sozinhos? Ora, a pergunta já não se sustenta mais, pois que na verdade só é possível ser feliz quando estamos sozinhos. Não existe outra forma.

A felicidade não depende de uma condição. Deste modo, querer ter alguém do lado para tentar ser feliz já descarta todas as possibilidades, pois que se criou uma imagem de felicidade relativa a esta pessoa. Portanto, sem esta, a felicidade torna-se impossível. Não se trata de felicidade, trata-se de satisfação e conforto.

Se você só é feliz com sua esposa, o que acontecerá se o casamento acabar? Se você só é feliz com seu marido, o que acontecerá se ele vier a falecer? Se você só é feliz com seus filhos, o que acontecerá se eles saírem de casa? A felicidade não existe como condição.
O estado de felicidade só pode ser experenciado sozinho, pois o que sentimos não pode ser compartilhado já que estamos segregados. Podemos tentar expressá-lo, podemos tentar dar referências, podemos até nos iludir achando que tudo isso funciona, mas o que é nosso, de nosso interior, não pode estar no coração de terceiros, a menos que eles também cheguem ao mesmo estado por si mesmos. Contudo, mesmo nesses casos, as experiências diferem.

Pois a felicidade não pode ser imposta, não pode ser dada, não pode ser ensinada. Quando queremos compartilhá-la, pois que a felicidade sempre nos traz o sentimento de fraternidade, o que fazemos é apenas mostrar a outras pessoas uma faísca daquilo que sentimos. Por mais que nos esforcemos, nunca a outra pessoa saberá o que está em nossos corações.


Quem está feliz não se sente sozinho; quem ama e respeita a si próprio, nunca se sente sozinho, pois não há carências, não há condições, não há dependências. Então, inevitavelmente a felicidade alcançada na solidão de nós mesmos já destrói a própria solidão.






Não queira ser feliz com outra pessoa; apenas queira ser feliz onde você está. Há coisas na vida que são maravilhosas de serem compartilhadas, mas sua maioria tem origem primeiro em nós mesmos. Se a felicidade não está presente quando estamos sozinhos, como poderemos compartilhá-la com outras pessoas?

Seja feliz em seu próprio centro. Pura felicidade, sem condições, sem crenças, sem ferramentas, sem "comos" e "porquês". Apenas experencie isso. Aí sim você estará pronto para compartilhá-la com o mundo.

Autoria: Marcos Keld

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Aproveite para nos seguir no twitter clubloterias ! Comente a vontade e ajude a expandir as luzes do saber.

Canal Clube

Loading...